Bancada busca liberação de recursos para proteção da Barreira do Cabo Branco

O Coordenador da bancada da Paraíba no Congresso Nacional, deputado Efraim Filho, anunciou que o ministro do desenvolvimento regional, Gustavo Canuto, assegurou que vai levar ao presidente da República o projeto de proteção da Barreira de Cabo Branco, localizada na capital João Pessoa. “De acordo com o ministro a liberação dos recursos pode acontecer na próxima semana”, disse Efraim.

As obras para a construção de uma rede de 5 km vão corrigir as falhas de drenagem da área continental da falésia, regulando o escoamento das águas que agravam o processo de erosão da barreira. O projeto já passou por todas as fases e esta não é a primeira vez que a prefeitura busca recursos federais para as obras de contenção da erosão na região.

De acordo com o deputado Efraim Filho “a conquista dos recursos a ser empenhados faz parte de uma articulação nacional”.

A preocupação agora gira em torno do andamento de todo o processo para a execução da obra, uma vez que os recursos podem ser perdidos se não forem aplicados dentro do prazo.

Após a drenagem, realizada com o objetivo de disciplinar o escoamento das águas pluviais e reduzir a consequente erosão, o projeto é composto por mais duas etapas. A segunda será o enrocamento, ou seja, a colocação de rochas no sopé da barreira para evitar que o mar atinja e continue provocando sua erosão e a engorda da área de praia. Por último, a terceira fase consiste na construção de gabiões marinhos intercalados com a linha de corais existentes.

Segundo o deputado Efraim Filho a área total da rede de drenagem equivale a 173 hectares.

Nos trechos finais da rede de drenagem, as manilhas de 400 de diâmetro foram substituídas por novas manilhas de 1500 de diâmetro, medida que aumentará em quatro vezes o escoamento das águas pluviais.

Participaram do evento o coordenador da bancada, Efraim Filho, os deputados federais Ruy Carneiro Julian Lemos, Aguinaldo Ribeiro, Gervásio Maia, Wilson Santiago. Estavam na reunião o prefeito Luciano Cartaxo, a secretária de Planejamento, Daniella Bandeira e o coordenador da Defesa Civil de João Pessoa, Noé Estrela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *